Projeto Biomas Logo do Projeto Biomas

No Brasil a mão que produz é a mesma que preserva o meio ambiente

Realização:
Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil Embrapa
"> // 20/06/2018

Bioma Caatinga

Caatinga

*Por Flávio viriato de Saboya Neto

Sentimo-nos extremamente honrados pelo Prêmio Ambientalista Joaquim Feitosa 2018, conferido à Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará - Faec, pela Secretaria do Meio Ambiente. O Sistema FAEC/Senar-CE/Sinrural há muito vem se preocupando com as questões ambientais, como a inserção, desde 2003 do Programa Agrinho no tema Meio Ambiente, levado a mais de 198.000 alunos do ensino fundamental das escolas rurais; através do Programa de Cadastro Ambiental Rural - CAR, onde capacitamos mais de 200 técnicos e a execução do Programa de Proteção de Nascentes, em que foram cadastradas mais de 100 nascentes bucando identificar, recuperar e protegê-las.

É importante destacar que em todos os cursos do Senar são abordados os temas voltados para as boas práticas de produção, com destaque para a preservação ambiental, envolvendo, anualmente, mais de 20 mil produtores rurais. Porém, a grande contribuição da Faec, neste momento, se dá por meio do Projeto Biomas, mais especificamente, do bioma Caatinga. O Projeto Biomas é fruto de uma parceria entre a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e Embrapa.

Iniciado em 2010, e com previsão de duração de nove anos, no biooma Caatinga, o projeto visa apresentar novas tecnologias para a inserção da árvore na propriedade rural com o propósito de garantir sua diversificação. Está instalado em uma área de 30 hectares, na Fazenda Triunfo, no municípios de Ibaretama (CE), onde 19 projetos estão em desenvolvimento e mais de 14 mil árvores de 37 espécies nativas da Caatinga já foram plantadas.

Flávio viriato de Saboya Neto é Presidente da FAEC.

Compartilhe: